Óculos de Sol

Será que o sol faz mal aos olhos?
Devemos usar óculos de sol?
Que tipos de óculos de sol devemos escolher?
Há fatores que tornam os nossos olhos mais sensíveis à luz solar?
Estas são algumas das questões que lhe tentaremos responder!
Vários estudos têm demonstrado que as pessoas mais expostas à luz solar têm uma maior tendência a desenvolverem algumas doenças oculares. Os raios ultravioletas (UV) são o componente da luz solar mais implicados no desenvolvimento destas doenças. É contra esta radiação solar que nos devemos proteger com óculos de sol pelo que, ter uns óculos muito escuros não significa maior proteção para os nossos olhos. Devemos escolher óculos cujas lentes filtrem 99 a 100% da luz UV (tanto UV-A como UV-B).
Mais do que a ação aguda dos raios UV sobre os nossos olhos (que provoca uma queimadura na superfície ocular do tipo da que é causada na pele), é o efeito cumulativo de longos períodos expostos à luz solar que tem um efeito mais pernicioso sobre a visão. A exposição prolongada à luz UV pode causar diversas alterações oculares mas a mais temida é uma alteração da mácula denominada degenerescência macular relacionada com a idade.
Certas pessoas são mais atingidas pela radiação UV como é o caso das que:

– por questões profissionais, estão mais expostas ao sol,
– vivem junto à praia (onde há maior reflexo de luz solar na água e na areia),
– vivem perto do equador,
– vivem em zonas mais elevadas,
– etc.
Certos medicamentos podem também tornar os olhos mais sensíveis à luz (doxiciclina, tetraciclina, alopurinol, etc.).
Não esquecer que um chapéu de abas largas, não substituindo os óculos, tem também um papel importante na proteção solar.